Pequenas mudanças, grandes poupanças!

Pequenas mudanças, grandes poupanças!

18 Dezembro, 2018 1 Por O Tostão

Esta deverá ser sempre a forma como devemos ver a poupança. Poupar é algo contínuo e que por vezes apenas se consegue constatar resultados visíveis ao fim de algum tempo. De qualquer das formas, para que se consiga realmente ver resultados é preciso começar a poupar. Numa grande maioria dos casos essa poupança está ao alcance de cada um e nem sempre é necessário uma grande mudança nos nossos hábitos de consumo, na verdade, por vezes apenas precisamos de ter os hábitos correctos. O exemplo de poupança que vos venho falar hoje é um desses casos.

Cá em casa começamos a reparar frequentemente que gastávamos muito detergente e amaciador para a roupa. Uma embalagem onde constava “55 doses” nunca na vida daria para 55 lavagens. Ainda que houvesse algum desperdício, teoricamente uma embalagem de 55 doses daria para 2 meses tendo em conta o número de lavagens de roupa que fazemos cá em casa.

Além de termos a noção de que uma embalagem daquelas nunca duraria os 2 meses estávamos longe de saber ao certo o “crime económico” que estávamos a cometer numa simples lavagem de roupa. Decidimos então investigar. Após o devido registo do número de lavagens que cada embalagem durava, sem qualquer alteração do modus operadi, verificamos que gastávamos mais de uma embalagem e meia por mês de detergente de 55 doses e cerca de uma embalagem de 80 doses de amaciador! Em números redondos 80 doses de cada produto por mês! 80 doses que em teoria dariam para 80 lavagens, que como é óbvio não eram feitas num mês.

A principal razão? Falta de rigor, disciplina e desleixo. A maneira como “doseávamos” os dois produtos era patética, agora é fácil de constatar isso. Abríamos a gaveta e a “olhómetro” doseávamos o que para nós era já a dose certa. De uma maneira inocente e sem estarmos ciente do exagero de produto que colocávamos em cada compartimento fomos assim perdendo muito dinheiro ao longo dos anos. Sim, perdendo dinheiro. Pior, perdendo dinheiro que podíamos ter para gerar mais dinheiro.

A solução para este problema foi muito simples e não foi preciso esforço algum da nossa parte, apenas tivemos de fazer as coisas bem feitas. A grande maioria dos detergentes e amaciadores trás hoje em dia um doseador e ,imagine-se só, serve para dosear o produto na dose certa! 😀 Desde aí as doses anunciadas na embalagem coincidem com mais rigor com o número de lavagens, como é óbvio…

Vamos às contas:

  • Em média posso afirmar que fazemos 20 lavagens por mês;

 

  • Antes, nestas 20 lavagens gastaríamos 80 doses de detergente e 80 doses de amaciador;
  • O preço por dose do detergente: 0.12€;
  • O preço por dose do amaciador: 0.08€;
  • Assim num mês: 80 x 0.12€ + 80 x 0.08€ = 16€

 

  • Agora, nas mesmas 20 lavagens mensais vamos admitir que gastamos 25 doses de detergente e 25 doses de amaciador, admitindo ainda 5 doses de cada como gastos residuais;
  • O preço por dose do detergente: 0.12€;
  • O preço por dose do amaciador: 0.08€;
  • Assim num mês: 25 x 0.12€ + 25 x 0.08€ = 5€

 

  • 11€ de poupança mensal, 132€ por ano! Isto sem fazer nada além de ter o cuidado de realizar uma tarefa bem feita.

poupar

Por mais irrisório e exagerado que pareça o facto de nós anteriormente estarmos a gastar tanto detergente e amaciador a mais peço que quem utiliza a mesma “metodologia de dosagem” que faça o teste. 🙄 Os valores podem ser diferentes principalmente tendo em conta outros preços por dose, no entanto a ideia principal irá sempre manter-se. Pequenos gestos hoje podem trazer grandes resultados no futuro.

Há por aí mais alguém com coragem de admitir que pensa “só mais um bocadinho para ficar a cheirar melhor”? 😆